Autor

MegaOffice

Browsing

Drawback: o que eu preciso saber sobre esse regime tributário?

O cotidiano tributário do setor industrial pode ser extremamente complexo, uma vez mais quando consideramos a natureza das atividades e o volume das operações. Com isso em mente, elaboramos um conteúdo fundamental para os nossos leitores, no qual explicamos o que você precisa saber sobre drawback. Pouco comentado, mas muito importante, esse é um regime com três modalidades específicas para quem atua no segmento produtivo, operando fábricas e indústrias. Portanto, não perca a chance de refinar o seu controle operacional e reduzir a sua carga tributária. Acompanhe! O conceito de drawback Basicamente, trata-se de um regime tributário especialmente projetado para os exportadores industriais. A solução foi implementada ainda na década de 1960, instituída sob a forma do Decreto-Lei 37/1966. Em conceito, o drawback foi desenvolvido para alavancar a competitividade das produções nacionais nos mercados externos. A concessão Para atingir esse objetivo, o regime conta com três modalidades específicas para a concessão…

Como a Norma IFRS 16 impacta a contabilização nas empresas?

Como você bem sabe, o acompanhamento financeiro de uma empresa envolve uma série de aspectos legais, tributários e contábeis. Portanto, pensando na regularidade da sua operação, elaboramos este post especial em que explicamos os principais pontos e curiosidades na norma IFRS 16. O nosso objetivo é oferecer um conjunto de informações importantes para o seu cotidiano fiscal, demonstrando como esse padrão pode impactar positivamente na contabilização do seu lucro operacional. Portanto, não perca tempo e aproveite para aprender mais sobre o tema, refinando sua gestão. Acompanhe! O conceito da norma IFRS 16 Em essência, a IFRS 16 é uma atualização complementar às normas internacionais de contabilidade — International Financial Reporting Standards. Eventualmente, a IFRS atravessa períodos de revisão, sendo pontualmente atualizada para aprimorar sua aplicação em todos os países que adotam o padrão, tal como o Brasil. A IFRS 16 é uma dessas atualizações, que foi implementada ainda no início…

A importância do planejamento tributário: como ele ajuda sua empresa?

Controle, previsibilidade e cortes de gastos. De certa forma, esses são os principais objetivos no cotidiano de um gestor, que deve continuamente buscar métodos e abordagens para otimizar a própria operação. Com isso em mente, elaboramos este artigo especial sobre o planejamento tributário. Para abordar esse tema de maneira adequada, respondemos as principais dúvidas, explicando o porquê, a importância e os benefícios dessa prática gerencial. Não perca a chance de refinar os seus processos e expandir o seu faturamento. Siga a leitura! Por que fazer o planejamento tributário? Como você bem sabe, tudo na gestão gira em torno do controle. Logo, não podemos perder de vista esse aspecto ao tomar decisões. É preciso equilibrar a utilização de recursos, fazer análises e ficar de olho nas oportunidades. Dada a complexidade da tarefa de gestão, é comum que existam vários departamentos dentro de uma empresa, com planejamentos de marketing, aquisições, contratações, demissões e…

Como uma empresa de contabilidade ajuda o seu negócio?

Junto com a constituição de uma organização, vêm diversas obrigações que devem ser cumpridas de forma adequada, visto que qualquer erro pode gerar sérios prejuízos ao negócio. Para isso, é muito importante contar com uma empresa de contabilidade eficiente e que ofereça todo o suporte necessário. Isso porque a rotina de um empresário é muito corrida e, muitas vezes, não há conhecimento em relação a uma série de questões burocráticas. Desse modo, contar com uma equipe especializada pode evitar que ele perca tempo com esse tipo de função e se concentre em outras atividades essenciais para a expansão do seu empreendimento. Quer entender melhor como uma empresa de contabilidade proativa ajuda o seu negócio? Então, continue a sua leitura! Constante atualização A contabilidade é um ramo muito complexo, que exige um alto grau de conhecimento e atualização frequente, principalmente pelo fato das leis sofrerem modificações constantes. Isso exige que os profissionais da área se esforcem…

Entenda as diferenças da contabilidade fiscal e gerencial!

Muitas empresas ainda têm a visão equivocada de que a contabilidade é um gasto extra ou uma mera atividade burocrática de envio de informações ao Fisco e afins. No entanto, encará-la dessa forma pode ser um verdadeiro tiro no pé e um desperdício enorme de recursos. Por isso, é preciso entender melhor a importância da contabilidade fiscal e gerencial. Neste post você descobrirá do que trata cada uma dessas ciências e como poderá se beneficiar das informações geradas por elas. Esse conhecimento é de extrema relevância para a saúde financeira do seu negócio. Fique conosco e aproveite a leitura! O que significa contabilidade fiscal? A contabilidade fiscal também é conhecida como contabilidade tributária. É o serviço responsável pela conciliação dos tributos de um negócio, por meio do registro e escrituração dos fatos contábeis geradores das taxas. Esse tipo de trabalho é essencial para manter a empresa em dia com a carga tributária devida pelas atividades que realiza.…

Qual a relação entre inteligência de dados e gestão de recursos humanos?

Nada de robôs invadindo o planeta e lutando contra humanos. A tecnologia e a inteligência artificial criaram a inteligência de dados, um processo com capacidade de realizar uma análise mais otimizada das informações de uma empresa, aumentar a produtividade e melhorar a tomada de decisões. Essa utilidade é cada vez mais crucial, visto que, com o passar do tempo, a tendência é os dados aumentarem de volume, tornando as análises ainda mais complexas. A Gestão de Pessoas só tem a ganhar com esse avanço. Por meio de ferramentas de Big Data, Business Intelligence e People Analytics, ela pode enriquecer suas práticas de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho, entre outras. Acompanhe a leitura e descubra algumas das vantagens em usar inteligência de dados no RH! Maior produtividade Com a ajuda da inteligência artificial, é possível reter, tratar e analisar uma quantidade grande de informações. Isso nos permite…

Saiba como realizar o cálculo de rescisão contratual de maneira efetiva

Não há dúvidas que fazer o cálculo de rescisão contratual adequadamente é imprescindível quando ocorre o término de um vínculo de trabalho, tendo em vista que qualquer erro pode gerar grandes problemas para a empresa, além do ajuizamento de ações trabalhistas por parte do ex-funcionário. Por ser um processo que envolve vários detalhes que precisam de atenção, é muito comum que o responsável por essa tarefa tenha algumas dúvidas nesse momento. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para mostrar os principais cuidados que devem ser tomados ao realizar o cálculo de rescisão contratual. Confira! Avalie o tipo de rescisão e as verbas devidas em cada uma A causa do término do contrato de trabalho faz toda a diferença na hora de fazer o cálculo da rescisão contratual. Por isso, é importante que você entenda como ela pode acontecer. Dispensa sem justa causa Ocorre quando a empresa tem a liberdade de demitir…

Dívida ativa na Receita Federal: o que você precisa saber?

Muitas empresas estão inscritas na dívida ativa na Receita Federal, mas não sabem do que se trata e nem dos problemas que podem causar ao negócio. No entanto, entender o seu conceito e como funciona é essencial, já que se trata de débitos de pessoas físicas ou jurídicas junto aos órgãos públicos. Existem dois tipos de dívida ativa: as tributárias, que ocorrem quando o montante devido está ligado a um imposto ou tributo, por exemplo, IR ou IPVA, e não tributária, que é a quantia devida de outra natureza, como as multas de trânsito. Pensando nisso, elaboramos este post para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto. Acompanhe! O que gera a dívida ativa na Receita Federal? A dívida ativa é gerada a partir do descumprimento de qualquer obrigação do contribuinte à Fazenda Pública, ou seja, o não pagamento no dia do vencimento ou realizado incorretamente. Como consultar a existência de…

Como criar uma sociedade? Confira o passo a passo!

Embora ter o próprio negócio seja uma realização para quem o faz, cuidar de uma empresa não é uma tarefa simples. Muito pelo contrário: quem já se arriscou na abertura de um negócio sabe o quanto é um processo desafiador. Por esse motivo, muitos empreendedores optam por contar com um sócio para que ambos dividam as responsabilidades. No entanto, para efetivar essa relação de forma adequada, é importante sabe como criar uma sociedade e, assim, evitar possíveis problemas. Pensando em ajudar nesse procedimento, elaboramos este post com um passo a passo que pode ser seguido para a constituição dos sócios de uma organização. Confira! Estabeleça o tipo de sociedade É preciso entender em qual tipo de sociedade o negócio se enquadra. Isso vai depender de questões como porte, cargo exercido por cada sócio, tipo de administração etc. Os modelos de sociedade mais comuns são: simples; limitada; anônima; em nome coletivo; comandita simples; comandita por ações e; cooperativada.…

Aprenda como fazer o cálculo de rescisão contratual sem erros!

Quando uma demissão ou desligamento acontece, independentemente se a vontade é do funcionário ou da empresa, é realizado um acerto trabalhista que engloba diversas variáveis — saldo de salário, aviso prévio, férias vencidas, 13ª salário proporcional, entre outros —, conhecido como cálculo de rescisão contratual. Essa rescisão exige bastante cuidado, tendo em vista que o pagamento de valores incorretos pode ocasionar em multas para o empresário ou até mesmo em ações trabalhistas. Pensando nisso, elaboramos este post com algumas dicas que podem ser seguidas para que você consiga fazer o cálculo de rescisão contratual de maneira eficiente. Confira! Avalie a forma de rescisão O motivo pelo qual houve a rescisão faz toda a diferença no momento de realizar os cálculos das verbas indenizatórias, as quais o funcionário tem direito. Veja, a seguir, quais são os três tipos de rescisões que podem ser realizadas. Dispensa sem justa causa Ocorre quando a empresa resolve…