Categoria

Impostos

Categoria

Por que sua empresa precisa de um curso de adequações fiscais?

Um curso de adequações fiscais é uma necessidade recorrente nas empresas. A legislação tributária do Brasil é longa, complexa e passa por constantes mudanças.  Nesse sentido, a educação é a melhor forma de garantir que o seu negócio cumprirá as suas obrigações em dia. Além disso, você pode aprender técnicas de elisão fiscal, que é a forma legal de pagar menos impostos. Neste artigo, você vai entender melhor o que é um curso de adequações fiscais. Também vai conhecer as principais mudanças nas regras fiscais ocorridas em 2018. Finalmente, vai entender a necessidade do curso para que a sua empresa consiga atender às novas regras. Confira! O que é um curso de adequações fiscais? É uma série de aulas com orientações sobre as regras tributárias e fiscais. Por meio delas, a administração da sua empresa e a sua equipe ganham instrumentos para garantir que o seu negócio está dentro da lei e dos…

Conheça 5 motivos para contratar uma assessoria fiscal

É comum que muitos empreendedores fiquem receosos em contratar uma assessoria fiscal e tributária para cuidar dos processos e operações da empresa. Isso porque colocar alguém de fora para cuidar desses assuntos demanda muita confiança e responsabilidade. O grande objetivo de contratar uma assessoria fiscal é manter a empresa em dia com suas obrigações diante dos órgãos fiscalizadores e atualizada quanto as normas pertinentes ao setor em que atua. Além disso, se configura como uma importante base de informações para o processo de decisão. Vale destacar que, para determinadas atividades da empresa — principalmente quando o gestor não tem a expertise suficiente para a realização dos processos fiscais — é interessante contratar profissionais especializados para ajudar o negócio a prosperar. Se você continua com dúvidas sobre a importância de contratar uma assessoria fiscal, levantamos 5 motivos que farão você repensar a sua opinião. Continue a leitura! Por que contratar uma assessoria fiscal 1. Minimiza…

5 dicas para otimizar a gestão tributária da empresa de forma eficiente

No Brasil, a alta carga tributária e as constantes mudanças na legislação dificultam a vida dos pequenos empreendedores. Toda essa complexidade compromete os lucros e prejudica as ações voltadas para a expansão dos negócios. Para lidar com todos os fatores de riscos de forma segura, é necessário ter um bom controle fiscal e contábil. Por esse motivo, a gestão tributária é tão importante. Neste post, separamos as principais dicas para que você possa torná-la mais eficiente. Continue a leitura e confira! Como melhorar a gestão tributária da sua empresa 1. Elabore um planejamento tributário É por meio do planejamento tributário que a empresa consegue identificar as formas lícitas de redução de impostos, antes da incidência do fato gerador, e criar estratégias voltadas para uma gestão tributária eficiente e econômica. Com esse planejamento, a organização pode, por exemplo, se beneficiar de incentivos fiscais — oferecidos pelo governo federal e pelos governos municipais e…

Veja o passo a passo de como mudar de MEI para microempresa

Nos últimos anos, empreender tem sido a aposta de muitos brasileiros. Investir em uma ideia, tornar-se o próprio chefe, ter seu próprio negócio, enfim, o empreendedorismo é o pontapé inicial de muitas pessoas que querem crescer. E sem dúvidas, o MEI – Microempreendedor Individual tem dado o “empurrãozinho” que faltava. Esta modalidade possibilita a regularização de uma série de atividades, incentivando que muitas pessoas saíam da informalidade para empreenderem. Acesse nosso passo a passo e saiba como mudar de MEI para microempresa. Afinal, o que é MEI? Podem se enquadrar no MEI diversas atividades, tanto ligadas ao comércio quanto à indústria. O limite de faturamento para fazer parte dessa modalidade é de R$ 81 mil por ano, e o empreendedor não pode participar como sócio ou titular em outra empresa. Já o que caracteriza uma Microempresa é sua receita bruta. Ou seja, consideram-se ME aquelas sociedades simples, empresárias e individuais de responsabilidade limitada, devidamente formalizadas…