Quem atua com vendas, sabe que vender é só uma das pequenas etapas para que uma estratégia comercial dê certo. Por trás do sucesso, é necessária a realização do planejamento e a integração de várias áreas.

Nesse contexto, a contabilidade gerencial é uma das responsáveis pela saúde financeira das empresas, primordial para uma tomada de decisão efetiva. Não importa o tamanho do empreendimento: conseguir analisar o cenário em que ele se encontra, visualizar as oportunidades e se antecipar às ameaças são apenas algumas das enormes responsabilidades de um contador gerencial.

Gostou do tema? Continue a leitura e entenda o papel desse serviço. 

O que é contabilidade gerencial?

Independentemente de sua relação com os números ao longo da vida de estudante, o termo “contabilidade” pode ter gerado certa aflição nos estudos. Fazer contas grandes, aplicar juros compostos e ter a habilidade de fazer planejamentos ou controles, a fim de manter a empresa sempre crescendo, realmente não é para qualquer pessoa.

A contabilidade gerencial cuida de questões como:

  • análise de custos;
  • verificação da rentabilidade;
  • descritivo de receitas e gastos;
  • planejamentos financeiros a médio e longo prazo;
  • estudo de precificação;
  • análise da concorrência;
  • nível de probabilidade do aumento da clientela;
  • percepção de riscos;
  • análise do capital de giro;
  • estruturação do fluxo de caixa.

Além disso, trabalhando junto aos gestores, o contador gerencial articula com aquilo estabelecido no planejamento estratégico e estuda a realidade financeira da companhia. O objetivo é transformar as metas em programas de ação, que serão operacionalizados pelos colaboradores.

Na contabilidade geral, a prioridade é seguir as normas e obrigações acessórias. Já a contabilidade gerencial prima pela tomada de decisão, cuidando do patrimônio da empresa e auxiliando os empreendedores a irem por caminhos mais efetivos. Sua preocupação está em tornar a informação contábil útil à parte administrativa.

Quais são as vantagens do serviço a uma microempresa?

O trabalho de um contador gerencial é daqueles que, quando não conhecemos como funciona, parece insignificante. No entanto, quando percebemos de perto o quanto tem a oferecer ao crescimento e à solidez da empresa, não conseguimos mais ficar sem. Veja só as vantagens!

Ter as informações necessárias para colocar ações em prática

Em uma organização, precisamos pensar e decidir constantemente antes de iniciar qualquer ação. Decidimos pelo sim ou pelo não, escolhemos quando e optamos por quanto. Todos os processos estão encadeados, portanto cada detalhe influencia nos resultados de outras condutas.

Devido à tamanha responsabilidade que gera, o processo decisório é um das atividades mais importantes nas empresas. Mas, para que exista êxito nas execuções, ele precisa ser alimentado com informações realistas e claras. Podemos dizer que, em um empreendimento, a contabilidade gerencial é como se fosse a tampa da panela. 

Auxiliar no planejamento tributário

Como o profissional da área estuda todas as obrigações tributárias do negócio, ele tem condições de orientar quanto às melhores práticas nesse sentido. Sabemos que os impostos consomem muitos recursos de uma empresa, certo?

Quanto mais a companhia cresce, mais assustador fica esse cenário. Mas você sabia que muitos empreendedores acabam pagando mais tributos do que o necessário? Isso acontece quando não existe por trás um estudo sobre o regime de tributação mais eficiente para aquele negócio, por exemplo.

A elisão fiscal adapta a empresa ao formato ideal para que pague menos impostos, mas sem sair da legalidade. Assim, a partir do conhecimento dos tributos devidos, é possível aumentar os rendimentos e elaborar um plano mais condizente com a realidade.

Precificar de forma eficiente

Você já reparou que decidir o preço de um produto nem sempre é fácil? Trata-se de algo que vai muito além de apenas copiar o valor da mercadoria do nosso concorrente. Isso porque existem várias ações que influenciam no lucro que teremos — como a quantia que pagamos pelos insumos.

A partir do detalhamento dos custos e das despesas que o negócio tem, fica mais fácil chegar a uma precificação que traga o máximo de rentabilidade, mas seja, ao mesmo tempo, aceita pelos clientes.

A análise realizada pela contabilidade gerencial nos ajuda a perceber o que pode ser otimizado. Assim, podemos colocar um preço mais estratégico nos produtos e serviços.

Reduzir desperdícios

Outra vantagem que a contabilidade gerencial traz é a redução de desperdícios em todos os sentidos, como nos recursos humanos, tecnológicos e financeiros. Ela consegue encontrar gargalos de produção, que são os gaps existentes entre aquilo esperado dos itens e o que eles realmente entregam.

Essa limitação pode trazer grandes comprometimentos aos resultados do negócio. Portanto, enxergar tais falhas ajuda a entender o que fazer para otimizar as entregas.

Como colocar a contabilidade gerencial em prática?

Colocar essas ações em prática exige conhecimento sobre o assunto. Para isso, sugerimos as atitudes descritas abaixo.

Leia livros

Existem diversos tipos de livros que conseguem abordar o assunto de forma a fazer com que o leitor entenda um pouco mais sobre a questão. Você pode começar por alguma obra direcionada a um público mais leigo e que envolva pequenas empresas. Com o tempo e os conhecimentos adquiridos, arrisque aqueles profissionais.

Siga bons profissionais

Se você pensa que o YouTube e o Instagram existem só para as pessoas muito jovens e os famosos influenciadores digitais, está enganado. Essas e outras redes sociais estão cheias de especialistas que passam conteúdos importantes e de forma mais didática. A recomendação é procurar referências na área e acompanhar essas pessoas.

Faça cursos de qualidade

Cursos presenciais, workshops ou aulas online, em vídeos, também são meios apropriados de obter conhecimentos sobre o assunto desejado. O estudo constante é fundamental para que estejamos sempre atualizados e mais bem preparados para agir diante dos desafios. É a partir disso que ganhamos bagagem e experiência.

Peça ajuda especializada

Por fim, os contadores gerenciais estão aí para nos ajudar. Foram eles que se formaram, especializaram e adquiriram know-how a cada prática. Sendo assim, nada mais prudente do que pedir auxílio para alguém que consiga ter um olhar mais direcionado ao nosso negócio.

A contabilidade gerencial, como você viu, é fundamental a uma empresa (ainda que seja micro ou pequena). É como se esse profissional nos emprestasse suas lentes para que, através delas, possamos enxergar todas as oportunidades e riscos do nosso negócio de forma clara e, então, tomar decisões mais certeiras.

Preparado para começar hoje essa prática tão importante? Deixe um comentário e conte como você vai fazer isso ou tire sua dúvida (caso tenha ficado alguma)!

Escreva um comentário

Share This