Um curso de adequações fiscais é uma necessidade recorrente nas empresas. A legislação tributária do Brasil é longa, complexa e passa por constantes mudanças. 

Nesse sentido, a educação é a melhor forma de garantir que o seu negócio cumprirá as suas obrigações em dia. Além disso, você pode aprender técnicas de elisão fiscal, que é a forma legal de pagar menos impostos.

Neste artigo, você vai entender melhor o que é um curso de adequações fiscais. Também vai conhecer as principais mudanças nas regras fiscais ocorridas em 2018. Finalmente, vai entender a necessidade do curso para que a sua empresa consiga atender às novas regras. Confira!

O que é um curso de adequações fiscais?

É uma série de aulas com orientações sobre as regras tributárias e fiscais. Por meio delas, a administração da sua empresa e a sua equipe ganham instrumentos para garantir que o seu negócio está dentro da lei e dos prazos e tem como registrar as informações demandadas pelas autoridades fiscais.

Quais são as principais mudanças nas regras fiscais ocorridas em 2018?

Mudança de layout da Nota Fiscal Eletrônica

O novo layout NF-e 4.0 está em vigor desde junho de 2018. Ele trouxe a criação de novos grupos e campos. Alguns são importantes apenas para certos segmentos, como remédios e combustíveis. Outras mudanças afetam a todos. O grupo “Formas de Pagamento” foi alterado para “Informações de Pagamento”, diferenciando forma de pagamento (à vista ou em parcelas) de meio de pagamento (dinheiro ou cartão). Já os códigos das modalidades de frete no Grupo X ficaram mais precisos.

Mudanças de regras no Simples Nacional

Novos limites de faturamento entraram em vigor em 2018 para empresas optantes pelo Simples Nacional. Para pequenas empresas, o teto foi de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões. Para as microempresas, o limite saltou de R$ 360 mil para R$ 480 mil. Os Microempreendedores Individuais (MEI) também tiveram o faturamento máximo elevado de R$ 60 mil para R$ 81 mil por ano. Além disso, produtores e atacadistas de bebida alcoólica ganharam a opção de aderir ao regime.

Adesão de pequenas empresas ao eSocial

eSocial é uma nova plataforma do Governo Federal por meio da qual os empregadores comunicam, de forma unificada, 15 obrigações, incluindo CAGED, carteira de trabalho e guias de recolhimento de FGTS. Micro e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional precisam começar o cadastro a partir de janeiro de 2019, adicionando informações ao longo do ano.

Alteração na base de cálculo do PIS/COFINS

Uma decisão do STF retirou o ICMS da base de cálculo do PIS e da COFINS. A 1ª Turma da corte reiterou esse entendimento em abril. A medida reduz a carga tributária das empresas.

Por que a minha empresa precisa de um curso de adequações fiscais?

Um curso de adequações fiscais é a melhor forma de o seu negócio aprender a navegar no complexo espaço tributário brasileiro. Contar com os cursos de uma empresa de contabilidade com experiência no assunto é um investimento que rende frutos em pouco tempo, protegendo a empresa de atrasos e multas.


Este artigo foi útil para você? Entre em contato com a gente e vamos conversar sobre os treinamentos e cursos que podemos oferecer para a sua empresa.

Escreva um comentário

Share This