Todo empresário, de qualquer porte ou setor, precisa conhecer a importância das cargas tributárias sobre a precificação de produtos. Justamente devido a esses encargos, seus lucros poderão ser mais altos ou mais baixos. É essencial estar informado sobre o assunto. Afinal, são muitos os fatores que compõem o preço final do que você vende.

A falta de cuidado ou a desinformação a respeito do tema podem trazer prejuízos e problemas fatais às empresas. Muitas delas optam pela colaboração de profissionais especializados para cuidar dos encargos tributários. O que é uma sábia decisão! Veja, a seguir, o que compõe o preço, os três tipos de tributações e como realizá-las.

Saiba o que computar para a precificação de produtos

Basicamente, o preço final de um produto é composto por fatores internos e externos. Os primeiros são todos os insumos, matéria prima, mão de obra e o inerente à produção direta. Os externos compreendem a oscilação das demandas, preços da concorrência e tributos municipais, entre outros impostos. Vejamos os 3 formatos de tributação possíveis.

Conheça os tributos obrigatórios para Simples Nacional

A precificação de produtos vai depender muito do tipo de tributação no qual você se enquadra. Para quem é Simples Nacional, são 8 impostos ou contribuições:

  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços);
  • IRPJ (IR para Pessoa Jurídica);
  • ISS (Imposto Sobre Serviços);
  • CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido);
  • PIS/PASEP;
  • COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social);
  • CPP (Contribuição Patronal Previdenciária);
  • IPI (Imposto sobre Produto Industrializado).

Para calcular os tributos todos, você deve multiplicar a alíquota nominal pela receita total do último ano; subtraia, então, a parcela a ser deduzida; divida esse valor, em seguida, pela receita do último ano; e multiplique essa quantia pela receita do mês vigente (bruta).

Veja como é a tributação ao optar pelo Lucro Presumido

Os administradores que optam pelo Lucro Presumido também precisam de atenção aos impostos recolhidos nesse caso. As frequências deles variam entre trimestrais e mensais. Para tributos mensais, paga-se o ISS; o PIS; e o COFINS. Porém, o IRPJ e a CSLL são calculados por trimestre, em alíquotas de 15% e de 9%, de acordo com o seu setor.

Para que a precificação de produtos seja a mais precisa possível, calcule o Lucro Presumido com esses 3 dados: o IR de Pessoa Jurídica, o CSLL e sua alíquota de presunção. Todos esses elementos atuam em diferentes etapas dos cálculos. Mas, em conjunto, eles definem as tributações sobre o lucro de sua empresa.

Faça o cálculo dos tributos para o regime de Lucro Real

O Lucro Real é muito usado por grandes empresas ou por aquelas organizações que alcançaram lucro insatisfatório em certos períodos. Isso porque a maioria das pequenas empresas brasileiras não têm ainda estruturas que suportem as regras e complexidade do formato. A carga tributária para o Lucro Real inclui:

  • IRPJ;
  • CSLL;
  • as contribuições com o PIS;
  • o COFINS; e
  • o ISS ou o ICMS.

Esse último varia conforme a sua atividade. É o Imposto de Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação.

Um dos diferenciais no Lucro Real é que certas tributações são apuradas baseando-se no lucro líquido de períodos específicos. Com o lucro líquido, você ainda precisa adicionar ou subtrair outros valores para obter a lucratividade final. Caso a empresa não tenha lucro nesses períodos, não será obrigatório o pagamento daqueles tributos.

Conte com uma assessoria contábil para a precificação

As responsabilidades que um gestor tem diariamente, assim como as suas equipes, são muitas. E, como percebemos, os detalhes de suas cargas tributárias também são numerosos e, às vezes, complexos. A precificação de produtos sofrerá sua influência, inclusive em relação à análise dos preços dos concorrentes.

Daí a importância de se poder contar com uma boa assessoria contábil, que se dedique exclusivamente a essa tarefa. Os especialistas poderão construir os preços finais de seus serviços e produtos de maneira eficiente e se baseando na competitividade. É a melhor forma de garantir o serviço feito com excelência!

Esperamos ter te ajudado com nossas dicas. Confira também, agora, qual o regime de tributação mais adequado para a sua empresa.

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This